04/03/2009

...de novo...

Mulher mascarada - quadro de Reynaldo Fonseca

Aqui estou eu de novo
Dentro do mesmo caos que criei
Tentando arrombar as portas
Quebrar as algemas
Da vida que sabotei

Aqui estou eu de novo
Me sentindo só, esquecida
Correndo milhões de riscos
Pra manter acesa
Aquela mesma ferida

Aqui estou eu de novo
Cercada das mesmas dores
Chocando quem me conhece
Nessa doce brincadeira
De inventar milhões de amores

Aqui estou eu de novo
Me traindo de novo
Esquecendo de novo
Lembrando de novo

De novo


rosele em http://www.escrevo.org/

3 comentários:

Mitsotaki disse...

que se passa contigo?

Fernando tomas disse...

malu...o teu perfil aquele que eu conheco nao tem mascara mas fica-te bem

malu disse...

passa-te tudo, ou será que devo dizer...nada?!