03/06/2009

...Fome...


" Saudade é um pouco como fome.
Só passa quando se come a presença.

Mas às vezes a saudade é tão profunda
que a presença é pouco:
quer-se absorver a outra pessoa toda.

Essa vontade de um ser o outro
para uma unificação inteira
é um dos sentimentos mais urgentes
que se tem na vida."

Clarice Lispector

2 comentários:

Mitsotaki disse...

Idem, idem...aspas...aspas!

malu disse...

se nada há a dizer... sim, nem nesta nem em qualquer outro post...acredite que sim, que não lhe são dirigidos...guarde pra si...

aceito comentários de todos... mas nem todos me deixam indignada...

admito e gosto muito que apareçam pequenas palavras de quem amo, ou de pessoas que conheço, com quem me relaciono minimamente e a quem o que escrevo possa dizer algo, de outros que visitam as reticencias e têm algo a dizer, que gostaram ou não por exemplo... sem qualquer problema de maior

Mas, de estranhos, como é o caso do sr Fernando, que nem me conhece nem tem nenhum relacionamento comigo, continuo a achar algumas das suas palavras, desmedidas...

O facto de me ter visto uma vez ou duas, e de se considerar meu grande amigo, é relativo... é para si, e respeito o que é... mas não alimento abusos...


Contenção por favor, peço-lhe mais uma vez...