13/02/2009

...Que(m) sou...

"Dentro de nós há uma coisa que não tem nome,
essa coisa é o que somos."

"Ensaio sobre a cegueira"
José Saramago

Eu não quero saber quem sou... Isso eu deixo para quem convive comigo... Não quem não me conhece pode descrever-me ou sentir como suas, ou para si, as minhas palavras... CHEGA!!! Não quero saber o que tenho que fazer para agradar aos outros... Apesar de tentar não desagradar ... não suporto quem diz que é isso que EU tenho que fazer...


Este é o meu espaço, onde eu deixo o que me apetece, e não traduz nada de mim, nem como sou, e nem o que sou...

Desfragmentados somos todos, por isso... apenas alguns fragmentos podem ser identificados mas, nunca...
Nunca ninguém ouse dizer-se conhecedor de mim... Isso, nem eu me atrevo...!!!
Aqueles que por esta passagem me "tocarem"... saberão disso...!!!...
Os outros que se toquem...!!!...


Malu, oui C`est moi

1 comentário:

Mitsotaki disse...

Tu e sempre tu

continua, nunca desistas...