29/05/2009

...Ressaca...

O amor ...
é a droga que me corre nas veias
sem alguma vez ter sido injectado!

Quero-o mais que tudo… Porque sem ele morrerei presa a este meu mundo, que só eu entendo, que ninguém vê, onde ninguém sabe estar ou ser…

Sempre foi a minha ambição, a minha luta, o meu objectivo,
a resposta a todos os “porquês” da minha vida…

Sempre foi o meu sofrimento, a minha desilusão
nunca o tive como o dei ... nunca me amaram como eu amo

Sem o amor
Não entendo este mundo que me rodeia, profundamente triste…
E este sitio horrendo, que me rouba o sorriso mais genuíno e sentido
e no seu lugar deixa lábios secos sem expressão…

Sem amor
Já nem sei o que chorar!

Catarina Rafael (babyKate)

1 comentário:

:DouG disse...

Belo texto