29/12/2006

..."Um Bom Ano"...

Sempre que muda o ano, é tempo de balanço, para os que se propõem olhar para trás, como que fazendo a revisão do aprendido, sublinhando as falhas, para tentar não repeti-las, pelo menos, até à próxima vez...

Sempre que muda o ano...desejamos..."um bom ano", e quando esse ano chega ao fim, na hora do balanço, ninguém teve um bom ano, mas pede sempre, pelo menos igual, para o ano seguinte, e... "já não seria mau", ainda todos dizem...

Há muitos anos, que não tenho "um bom ano", mas disso todos se queixam, e ninguém tem o remédio...

Como toda a gente, basta-me sentir feliz naquele momento em que o digo, para dizer que o ano está bem, quando acaba bem...como tudo...mas... a vida não é assim tão linear...e este ano...estou viva, amo a vida, mas a vida, se me ama, anda esquecida...!!!

Mas, mesmo assim, continuo a dizer, tal como Chaplin diria, que, já tive anos piores...
"Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também já decepcionei alguém.

Já abracei para proteger, já dei risadas quando não podia e, também ri quando a minha vontade era chorar, fiz amigos eternos, amei e fui amada, mas também já fui rejeitada, fui amada e não amei.

Já gritei e pulei de tanta feliciade, já vivi de amor e fiz juras eternas, "quebrei a cara" muitas vezes! Já chorei ouvindo música e vendo fotografias, já liguei só para ouvir uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo)!

Mas vivi! E ainda vivo! Não passo pela vida...
Bom mesmo é viver com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, ... perder com classe e vencer com ousadia, ... porque o mundo pertence a quem se atreve e, a vida é MUITO para ser insignificante... "

Pensem nisso, como um mote para o ano novo de 2007…como quem olha em frente sem medos…

Como todas as pessoas, também este ano velho, tive coisas boas, que me souberam a pouco, e tive momentos difíceis, que me deixam marcas para sempre, e dos quais recuperar me é uma expressão longínqua…

Como todas as pessoas, desejo a paz no mundo, a erradicação da pobreza, a protecção da terra e, a tão desejada saúde, alegria, e muito amor para todos… mas, não posso, como qualquer outra pessoa, esperar que a vida venha ao meu encontro…tenho que dar tudo de mim, a essa vida... e aí sim... estarei em condições de desejar que em 2007, a vida seja atenciosa comigo, e não me maltrate…assim como o desejo, a todos os que me estão próximos, e a todos os que amo…

Um bom ano…!!!
Sábios os que Sabem viver...!

Malú

1 comentário:

blue disse...

um bom ano tb para ti,por mt ke nos custe , mtas vezes temos ke votar as costa, e seguir em frente......
bjinhos